Como fazer a análise de Fit Cultural e contratar os profissionais certos

Um guia sobre fit cultural para quem quer recrutar talentos que geram resultados e permanecem na empresa.

Muitas das metas cobradas de um recrutador de talentos seriam facilmente alcançadas se um teste de fit cultural fosse feito ao entrevistar um candidato para uma vaga.

Ao fazer esse a análise de afinidade de cultura, você terá em mãos informações que te dirão se o candidato terá um bom entrosamento com a equipe, se é capaz de se motivar e lidar com o ambiente de trabalho, se tem chances de permanecer na organização por um tempo suficiente e se irá mesmo “vestir a camisa”.

E, vamos combinar, nunca foi tão necessário recrutar com precisão!

A verdade é que estamos em uma época em que a geração que está entrando no mercado de trabalho pode trocar de empregos com facilidade. Portanto, o recrutador de sucesso sabe que é preciso trazer os profissionais com a experiência necessária e com possibilidades de retenção.

E você sabe o que é e como é feito o teste de fit cultural?

Para te guiar no uso desse recurso, explicamos como ele beneficia uma empresa e o que você precisa fazer para usá-lo e garantir bons resultados!

Vamos conversar sobre:

1. O que é fit cultural e quais são os benefícios?

o que e fit cultural

 

1.1 O que é fit cultural?

O Fit Cultural é o alinhamento entre os valores e características de um profissional e de uma empresa.

Em outras palavras, o candidato que tem fit é aquele que se encaixa muito bem naquele ambiente de trabalho. É fácil para que ele se adapte, bem como é fácil para a empresa ter ele em seu quadro de colaboradores. 

Por isso, fit cultural trata de identificar as soft skills dos profissionais: sua linguagem, postura, habilidades, comportamentos e objetivos. Se estes itens vão de encontro à visão, missão e valores da empresa, essa pessoa tem condições de ficar bem e contribuir com todo seu potencial.

É exatamente por conta desse alinhamento que tem gente que se dá bem em empresas menores. Do mesmo modo, tem quem não veja sua carreira longe das startups, enquanto outros preferem as grandes empresas.

Então, não ter o fit cultural não significa que alguém é melhor ou pior. Apenas que não é a melhor escolha para aquela vaga. E é exatamente pela ausência desse fator que até profissionais com um currículo excelente pedem demissão ou são demitidos.

1.2 Os benefícios de recrutar candidatos com fit cultural

beneficios fit cultural

Trazer colaboradores com fit cultural permite que a cultura da organização tenha continuidade e faz a empresa seguir forte em sua missão, visão e valores. Então, ter esse objetivo para o recrutamento é muito importante para uma empresa crescer de forma saudável e alinhada.

Imagine que você seja o responsável por encontrar talentos para um empresa com um DNA de inovação. Sem pessoas alinhadas a esse pensamento, a organização pode enfraquecer as atitudes inovadoras.

Esse tipo de problema não existe caso o recrutador aplique um teste de fit cultural. E existem outros benefícios em contratar de acordo com o fit:

Aumento de contratações assertivas

O teste de Fit Cultural aumenta a assertividade na seleção. A partir dele é possível atrair e contratar os profissionais certos, que somam com experiência e com sinergia nas equipes para quais são escolhidos.

Desse modo, são contratados profissionais perfeitos para uma vaga, que se adaptam e produzem bem.

E mesmo que eles não contem com toda as hard skills necessárias, eles podem ser treinados para adquiri-las.

Retenção de talentos

A assertividade na contratação leva a retenção de talentos.

Profissionais mais alinhados aos valores e objetivos de uma empresa se sentem bem nas equipes das quais fazem parte e tendem a gostar mais do ambiente de trabalho.

Se a empresa pode garantir ao profissional o que ele precisa para dar o seu melhor, a retenção é certa.

Reter talentos é essencial para as empresas hoje em dia, já que é muito fácil encontrar novas vagas e mudar de emprego.

Manter pessoas significa aumentar o retorno do investimento em treinamento e continuar com um quadro de funcionários engajados.

Equipes sinérgicas e motivadas

Profissionais que têm fit com uma mesma cultura também terão alinhamento entre si. Isso significa mais sinergia e mais produtividade ao trabalhar.

Contratar quem tenha fit cultural também garante mais facilidade em lidar com os colegas e superiores, o que facilita que os colaboradores trabalhem motivados e se sentindo pertencentes àquele lugar.

1.3 Entenda a cultura organizacional da empresa

Antes de encontrar os candidatos com fit cultural, você precisa entender de modo muito objetivo e com profundidade que cultura é essa que a empresa possui e quer ver continuar. Caso atue em uma organização que não tenha essa clareza, é seu dever conduzir os donos ou gestores nesse caminho.

Observar e entender a missão, a visão e os valores da empresa é um primeiro passo para compreender sua cultura. Mas também é preciso entender como é a relação entre líderes e equipes, quais são as práticas estimuladas e o que não é permitido.

Entender onde a empresa quer chegar, como ela se posiciona no mercado, bem como a subcultura nas áreas também é essencial.

Ter por escrito os pilares da cultura organizacional e validá-los com as lideranças e liderados é o que mais ajuda recrutadores em sua missão.

2. Como fazer a análise de fit cultural

analise de fit cultural

2.1 Ideias para formular as perguntas certas para avaliar o fit cultural

Sem dúvida, encontrar um candidato com um currículo excelente e ainda ter um bom fit cultural é desafiador até mesmo para recrutadores experientes. No entanto, um teste de fit cultural bem elaborado pode facilitar essa tarefa de encontrar profissionais cujos valores, comportamentos, qualificações e ética estejam alinhados com as prioridades da organização.

Fazer as perguntas certas é um ponto importante dessa análise. Elas serão necessárias para ajudar você a identificar como o candidato é nos seguintes pontos:

1º Trabalho em equipe: caso o candidato prefira trabalhar sozinho, não conseguirá se destacar em um ambiente de trabalho que valorize a colaboração;

2º Necessidade de capacitação: se o candidato precise de uma maior orientação, pode não se adequar a uma iniciação rápida, na qual se espera que os funcionários tomem mais iniciativas;

3º Estilo de liderança: é essencial escolher o líder de acordo com o ambiente organizacional, valores e cultura da organização e da equipe para que ninguém leve o time para a direção diferente dos objetivos centrais.

Então, como entender essas características em um candidato na entrevista de fit cultural?

É preciso que perguntas específicas sejam criadas levando em conta o que o recrutador precisa entender para validar aquele candidato como tendo fit ou não. Nesse sentido, a entrevista deve ser conduzida de modo a entender como o profissional se sairia em determinadas situações.

Para formular as perguntas que tragam esses insights, é preciso analisar a exigência de cada vaga e a subcultura da área da empresa que busca um profissional.

A seguir, listamos 40 perguntas usadas com frequência para testar o fit cultural de candidatos. Avalie quais são úteis para gerar respostas importantes para você.

  1. O que te deixa animado com a vinda para o trabalho?
  2. Qual foi o último livro realmente ótimo que você leu?
  3. Se você fosse começar seu próprio negócio, qual seria?
  4. O que você mais gostou sobre sua última empresa? E o que menos gostou?
  5. Onde, quando e como você faz o seu melhor trabalho?
  6. Quando foi a última vez que você cometeu um grande erro no trabalho?
  7. Descreva o melhor e o pior exercício de formação de equipe que você já participou.
  8. Como você lida com o estresse ou prazos apertados?
  9. Quais são seus planos para os próximos cinco anos?
  10. Quais são as três coisas que você precisa para ter sucesso nessa posição?
  11. Quais blogs ou sites você visita regularmente?
  12. Como você descreveria seu grupo de amigos?
  13. O que você faz para se divertir?
  14. Como você mudou nos últimos cinco anos?
  15. O que te motiva a fazer o melhor trabalho?
  16. Como você prefere se comunicar com colegas de trabalho?
  17. Qual foi a lição mais valiosa da sua carreira profissional?
  18. Descreva seu emprego dos sonhos.
  19. O que é uma cultura de empresa de sucesso para você?
  20. O que mais te atrai sobre esse papel?
  21. Como esse papel irá desafiá-lo?
  22. Quem te inspira e por quê?
  23. Como você descreveria a cultura de nossa empresa?
  24. O que você trará para a nossa empresa?
  25. Quais são as três palavras que um gerente, colega, subordinado direto atual usaria para descrevê-lo?
  26. Qual foi a maior decepção de sua vida até hoje?
  27. Se você não conseguir essa posição, qual será seu próximo passo na carreira?
  28. Quais dos principais valores de nossa empresa você mais se identifica? E o que menos se identifica?
  29. O que o equilíbrio entre trabalho e vida significa para você?
  30. Como você gerencia conflitos com colegas de trabalho?
  31. Que papel a gentileza, empatia e humor desempenham no trabalho?
  32. Como é o seu processo de tomada de decisão?
  33. Descreva um momento em que você excedeu as expectativas das pessoas.
  34. Se você fosse entrevistar para outra posição nesta empresa, qual seria?
  35. Quando foi a última vez que você assumiu um risco profissional?
  36. Você prefere trabalhar sozinho ou com uma equipe?
  37. Como você descreveria seu estilo de liderança?
  38. Qual seria o seu horário de trabalho ideal?
  39. Como você se mantém organizado?
  40. Por que você escolheu se inscrever aqui?

Estas são perguntas base. Elabore as suas ou conte com um software pra isso, porque esse processo preciss ser bem estruturado para não gerar erros.

O resultado de um teste de Cultura Organizacional inadequado devido à rotatividade pode custar à uma organização entre 50-60% do salário anual da pessoa, de acordo com a Society for Human Resource Management (SHRM).

Nenhuma empresa quer arcar com esse custo!

É importante entender que contratar baseando-se no Fit Cultural não significa contratar pessoas que sejam todas iguais e nem que sejam 100% iguais aos da empresa. No entanto, os candidatos devem apresentar pelo menos as características mais importantes para serem considerados bons naquele ambiente.

2.2 A análise de fit cultural como norte

analise fit cultural

É importante entender que contratar baseando-se no fit cultural não significa contratar pessoas que sejam todas iguais e nem que sejam 100% iguais aos colaboradores atuais da empresa. No entanto, os candidatos devem apresentar pelo menos as características mais importantes para serem considerados bons naquele ambiente.

O teste de fit cultural é um norte, não um limitador!

Por isso ele deve ser bem elaborado e ser visto como algo que não é feito para gerar uma resposta certa, mas uma resposta clara sobre o que importa para profissional e empresa.

2.3 Como aplicar o teste de fit cultural

teste fit cultural

Observar atentamente o fit cultural é algo levado a sério no mercado há quase 30 anos!

O primeiro teste do gênero, o Perfil da Cultura Organizacional, foi desenvolvido por O’Reilly, Chatman, and Caldwell em 1991 sugerindo um modelo em que empresas avaliavam 54 aspectos da cultura corporativa diferentes. Quando funcionários ou candidatos realizavam este teste, comparavam-se os resultados e o alinhamento em relação ao perfil da empresa.

É claro que nenhuma empresa precisa avaliar tantos aspectos. Inclusive, a recomendação é ficar nos valores que representam pilares essenciais da organização.

Depois, é o momento de formular questões objetivas para aplicá-las durante uma entrevista como apontamos no tópico 2.1. Mas como aplicar estas perguntas durante uma entrevista com candidatos?

A forma mais fácil é contar com um software de recrutamento e seleção, como o da JobConvo, que possui metodologia própria e questões assertivas para a análise de fit cultural. Nesse caso do exemplo, são avaliados 7 fatores culturais, os mais importantes na atualidade:

  • Competitividade;
  • Responsabilidade Social;
  • Motivação;
  • Inovação;
  • Remuneração;
  • Resultados;
  • Estabilidade.

A partir das respostas do candidato, o sistema interpreta os fatores culturais entre candidatos (ou funcionários atuais) e empresa gerando um índice de ranqueamento para tomada de decisão do recrutador.

Isso significa que você não precisa ficar avaliando respostas e questionários: o computador faz isso por você!

O que será exigido do recrutador é escolher entre aqueles candidatos com os fits culturais mais alinhados para determinada vaga.

2.4 Defina o fit cultural para cada vaga

Outra prática essencial para o recrutador ter sucesso na avaliação do candidato e de seu fit cultural é definir especificidades da cultura para cada vaga.

Existem subculturas nos setores de uma empresa e elas não podem ser esquecidas.

Os vendedores costumam ser mais extrovertidos, por exemplo. Os desenvolvedores de software precisam ser mais focados, enquanto quem produz eventos precisa ser muito organizado.

Portanto, além das necessidades que são pilares na empresa, se atente ao fit cultural necessário na área em que o profissional irá trabalhar.

3. Como candidatos podem entender o fit cultural da empresa

fit cultural empresa

3.1 Coloque as características a serem alinhadas na descrição das vagas

Da mesma forma que você não precisa perder tempo com currículos de pessoas de outras áreas que não têm os requisitos mínimos para uma vaga, não é necessário entrevistar todo mundo sem saber se há sinergia com a cultura da empresa.

O que pode ser feito é criar uma descrição geral para as vagas em aberto que explique o que o candidato precisa possuir de valores. As startups são um ótimo exemplo porque fazem isso muito bem!

“Estamos procurando alguém que seja apaixonado por satisfação do cliente, esteja disposto a aprender bastante e goste de mudanças” poderia ser um trecho do texto de uma vaga que também deixa claro os pilares culturais, por exemplo.

É claro que você não vai escrever tudo sobre a empresa! Mas as características gerais de valores já levarão um bom entendimento ao candidato.

3.2 Deixe os valores da empresa claros em toda a comunicação

A página de “Quem Somos” no site, as redes sociais são espaço ótimos para falar da empresa, das pessoas e dos valores.

O que os funcionários contam sobre trabalhar ali que pode estar nesses espaços de conteúdo mencionados?

Tais informações somam pontos para a atração de talentos com fit cultural.

Fit Cultural é fundamental para um clima organizacional saudável

fit cultural

Pessoas satisfeitas e motivadas produzem mais e estimulam quem está a sua volta a fazer o mesmo. É isso que a análise de fit cultural procura fazer: criar ambientes saudáveis e produtivos onde pessoas gostem de estar.

Como consequência, todos ganham, inclusive a empresa!

Que tal fazer um teste de fit cultural no próximo processo de recrutamento? Clique no botão abaixo e solicite a demonstração da ferramenta de Fit Cultural da JobConvo!